Em algum momento uma construção de container já chamou sua atenção, certo? Eles têm sido uma ótima opção tanto para fins comerciais quanto residenciais.

Isso porque são práticos, baratos, acessíveis e sustentáveis. Pensando nisso, neste artigo queremos solucionar qualquer dúvida que você ainda possua sobre como adquirir uma instalação de container para seu projeto: como comprar um container? Claro que aqui na Delta Containers você conta com os melhores especialistas do mercado e por isso mesmo podemos abordar os principais aspectos para que você possa fazer a aquisição de maneira assertiva e segura.

O que é um container?

Usado como transporte para cargas no ambiente naval, o container marítimo é uma grande estrutura construída em aço, alumínio ou fibra, com o objetivo de auxiliar no transporte de muitas ou grandes mercadorias. Apesar de sua origem se relacionar ao transporte marítimo,  é também recurso para transportes terrestre e aéreo facilitando o deslocamento de produtos.

Essa versatilidade se deve porque os containers são resistentes e seguros, o que também proporciona que eles sejam utilizados para fazer o carregamento de todo tipo de produto, seja ele resistente, frágil ou até mesmo valioso.

Porém, essa maravilha tem uma vida útil na logística de 10 a 15 anos. Após esse tempo, o container é aposentado do meio naval. Isso se deve porque apesar de sua resistência, intempéries como sal do mar, tempestades e sol podem degradá-lo aos poucos para essa função.

A degradação dos containers devido a ação do tempo pode ser revertida.

Contudo, após esse tempo, o container vem sendo utilizado como uma ótima alternativa na construção civil para servir como depósito, alojamento em fazendas ou construções, escritórios, cafeterias, restaurantes e até mesmo como residência.

Quer saber tudo o que precisa saber para seu projeto com container? Clique aqui!

Estas construções são possíveis devido ao fato de contar com uma estrutura padrão passível de adequação e personalização conforme a necessidade da construção. Assim, um container pode ser refrigerado, possuir revestimento acústico e térmico ou então receber repartições que assumem o papel de paredes em seu interior.

Por que comprar um container?

A compra de um container se justifica com muitos benefícios que essa estrutura agrega à construção, seja pela sua praticidade – é uma estrutura pré-montada o que evita trabalhos mais elaborados – ou pelo baixo custo – por sua instalação ser rápida, exige menos mão de obra, tempo, espaço e materiais.

Tudo isso, comparado a uma construção de alvenaria, por exemplo, requer profissionais, materiais e longo tempo para que a obra fique pronta de fato. Isso sem contar os desperdícios que podem existir com consumo de água, energia e materiais de construção.

O container pode custar até 30% a menos que uma construção tradicional de alvenaria. E mais: nos casos em que seu uso for temporário, existe a possibilidade de alugar um container, tornando a economia ainda maior.

Os principais modelos de container

Como a ideia desse artigo é que possamos sanar suas dúvidas em relação a compra de um container para seu projeto, é super importante que você entenda mais ainda sobre eles.

O primeiro passo é apresentar a você os diferentes modelos disponíveis no mercado e de que maneira suas particularidades podem atender aos diferentes objetivos.

Em projetos para habitação e negócios diversos os modelos de containers mais utilizados, são:

  • Dry ou Seco;
  • High Cube (HC);
  • Reefer ou Refrigerado.

Vamos falar de cada um desses três tipos de maneira mais detalhada. 

Container Dry

O container dry é o mais acessível em comparação com os outros. Isso explica o motivo pela qual  é o mais utilizado em diversos tipos de projetos, sobretudo comerciais. 

Fabricado em aço corten  que é uma liga de aço 75% mais resistente do que o aço convencional, ideal para resistir às diversas ações do clima, podendo ser mantido a céu aberto sem ter sua estrutura comprometida.

O container dry atende muito bem à demanda de projetos personalizados por ser versátil, muito resistente, maleável e ainda comporta diversas formas de acabamentos internos.

Diferentemente dos revestimentos termoacústicos, que são empregados exclusivamente para controlar a temperatura interna e o som ambiente, os acabamentos internos têm uma função mais decorativa, higiênica e segura. Eles escondem os revestimentos e dão mais personalidade ao seu projeto.

Container Dry de 10 pés

Um container Dry seco de 10 pés pode ser perfeito para armazenar objetos com pouco espaço ou projetos que não exigem muito espaço.

Apesar de menores que containers tradicionais, containers Dry de 10 pés são ótimas opções para servir como estoque e arquivo em pequenos espaços. 

Este tipo de container tem menor demanda, portanto é um pouco mais difícil de se encontrar.

Dimensões Externas

  • Comprimento 3.0m
  • Largura 2.44m
  • Altura 2.60m

Container Dry de 20 pés

Enquanto o container de 10 pés geralmente é muito pequeno, e um de 40 pés pode ser muito grande, o de 20 pés tem o tamanho ideal para a maior parte das necessidades.

Os Container Secos de 20 pés são a solução tradicional para estoque e arquivo de forma rápida, eficiente e econômica. Para ter melhor noção do espaço, em um container de 20 pés cabe:

  • 200 Colchões de casal
  • 48000 bananas
  • 50-60 Geladeiras
  • 400 TVs de tela plana

Especificações:

Externa:

  • 6 m de comprimento
  • 2.4 m de largura
  • 2.6 m de altura
  • Capacidade cúbica de 33m³.

Interna:

  • 5.8 m de comprimento
  • 2.25 m de largura
  • 2.3 m de altura
  • Capacidade de carga útil 28.480 kg.

Quer locar ou comprar um container DRY 20 pés? Clique aqui!

Container Dry de 40 pés

Um container seco de 40 pés é a solução para quem precisa de muito espaço, seja para armazenagem ou para um projeto de construção.

Cabem 67 m³ em um container de 40 pés, isso representa 67.000 litros.

Você pode por exemplo, colocar todos os móveis de um apartamento de 120 m² dentro de um container de 40 pés, e ainda sobraria espaço para colocar um carro popular dentro dele.

Então se seu projeto exige muito espaço e seguro, você pode considerar um container Dry de 40 pés.

Especificações:

Interna:

  • 11,88 m de comprimento
  • 2.250 m de largura
  • 2.32 m de altura
  • Capacidade cúbica de 67 m³.

Externa:

  • 12 m de comprimento
  • 2.45 m de largura
  • 2.6 m de altura
  • Capacidade de carga útil de 28.630 kg.

Quer locar ou comprar um container DRY 40 pés? Clique aqui!

Container High Cube (HC):

Este modelo de container é bem semelhante ao dry. É feito com o mesmo material. No entanto, o high cube (HC) apresenta apenas um pequeno diferencial: ele tem cerca de 30 centímetros de altura a mais do que os outros tipos, que costumam medir 2,591 metros.

Por conta dessa característica, esse tipo de container é o mais indicado para projetos habitacionais.

Container Reefer

O modelo que mais se destaca entre os três destalhados aqui é o container reefer.

Fabricado com um material diferente em relação aos modelos de containers anteriores, este  possui como base o aço inox ou duralumínio, o que faz com que ele tenha sua temperatura interna preservada de forma mais efetiva.

Por conta dessa característica, ele se mostra extremamente propício para instalações em locais mais quentes, sendo capaz de manter a temperatura interna bem mais estável do que os demais. 

Os revestimentos também podem cumprir esse papel, mas por não serem inerentes aos containers, eles acabam evidentemente gerando custos extras aos projetos.

Em contraponto, por conta desse container vir com um revestimento de fábrica, é importante ressaltar que ele tem, proporcionalmente, um menor espaço físico do que os demais.

Container Refrigerado 10′ Pés

Apesar de menores que containers tradicionais, containers Reefer de 10 pés ainda são ótimas opções para servir como estoque e arquivo em pequenos espaços. Este tipo de container tem menor demanda, portanto é um pouco mais difícil de se encontrar.

Dimensões Externas

  • Comprimento 3,0m
  • Largura 2,44m
  • Altura 2,6m

Container Refrigerado 20′ Pés

Um container de 20 pés tem espaço de sobra para armazenar produtos perecíveis, com o máximo de economia.

Esta solução é muito utilizada para estoque de alimentos e outros produtos que necessitam de refrigeração rápida, eficiente e econômica. Para você ter noção do espaço, em um container de 20 pés cabem:

  • 200 Colchões de casal
  • 58000 bananas
  • 48500 sacos de feijão

Especificações:

Interna:

  • 5.18 m de comprimento
  • 2.15 m de largura
  • 2.28 m de altura
  • Capacidade cúbica de 27 m³

Externa:

  • 6.0 m de comprimento
  • 2,45 m de largura
  • 2.6 m de altura
  • Capacidade de carga útil de 27.560 kg.

Que tal comprar ou alugar um container refrigerado de 20 pés? Entre em contato com a Delta Containers!

Container Refrigerado 40′ Pés

Este modelo é muito utilizado para armazenamento de alimentos, o que favorece para negócios que precisam investir em câmaras frias. Porém, containers refrigerados são mais baratos e mais econômicos que uma câmera fria equivalente.

Cabem 68 metros cúbicos em um container de 40 pés, isso significa que você poderia guardar 68.000 caixas de leite dentro dele, por exemplo.

Especificações:

Interna:

  • 11.58 m de comprimento
  • 2.15 m de largura
  • 2.45 m de altura
  • Capacidade cúbica de 67 m³.

Externa:

  • 12 m de comprimento
  • 2.45 m de largura
  • 2.90 m de altura
  • Capacidade de carga útil de 30.280 kg.

Quer locar ou comprar um container refrigerado de 40 pés? Entre em contato com a Delta Containers!

Que tal saber mais ainda as medidas e capacidades de cada modelo de container? Baixe aqui o catálogo de produtos da Delta Container!

Os principais cuidados na hora de comprar um container

Agora que você está mais por dentro de quais são os principais tipos de container para construção e quais são suas dimensões, vamos falar melhor de alguns cuidados que você deve tomar ao comprar o seu.

Por haver poucas informações sobre eles, as dúvidas acabam sendo muito recorrentes, o que faz com que algumas dicas — dadas por quem tem experiência na área — sejam de extrema importância. 
Confira o resumo de algumas delas:

A legislação

A NR-18, que estabelece diretrizes de ordem administrativa, de planejamento e de organização para implementação e controle de medidas de segurança na indústria da construção civil, admite o uso de contêineres para instalações em áreas de vivência:

“18.4.1.3. Instalações móveis, inclusive contêineres, serão aceitas em áreas de vivência de canteiro de obras e frentes de trabalho, desde que, cada módulo:

1) Possua área de ventilação natural, efetiva, de no mínimo 15% (quinze por cento) da área do piso, composta por, no mínimo, duas aberturas adequadamente dispostas para permitir eficaz ventilação interna;
2) Garanta condições de conforto térmico;
3) Possua pé direito mínimo de 2,40m (dois metros e quarenta centímetros);
4) Garanta os demais requisitos mínimos de conforto e higiene estabelecidos nesta NR;
5) Possua proteção contra riscos de choque elétrico por contatos indiretos, além do aterramento elétrico.”

A nacionalização

Os containers como elemento do transporte marítimo, estão inseridos no contexto da lei nº 9611, de 19 de fevereiro de 1998, que regula o transporte multimodal. No entanto, sua documentação para transporte é diferente quando seu uso para construções, por exemplo.

É preciso que eles sejam nacionalizados (perdendo sua característica original de transporte marítimo). É preciso obter o Bill of Lading, ou seja, o conhecimento de embarque, um documento de transporte do container. Nesse processo, existem impostos a serem pagos, são eles:

  • Licença de Importação (LI);
  • Documento de Importação (DI).

Os documentos devem conter a numeração referente à placa identificatória do container e a Container Safety Convention (Convenção pela Segurança dos Containers). O número de identificação, por sua vez, é disponibilizado pela Câmara Brasileira de Containers, Transporte Ferroviário e Multimodal (CBC).

Onde comprar container?

Pronto! Agora você tem uma pesquisa ampla sobre os containers. Só falta decidir, de fato, a hora de iniciar a construção do seu projeto e buscar a empresa certa para comprar ou alugar o seu container.  

Busque também saber sobre a reputação da empresa no mercado, tente falar com clientes que já fizeram negócios na área anteriormente, veja se já desenvolveram projetos com o perfil pelo qual você se interessa e também observe a complexidade dos já executados.

Aqui na Delta Containers, temos orgulho em nos certificar que todos eles passem por nossa fábrica para reparos, e saiam diretamente para os clientes em ótimo estado, prontos para serem usados.

Ainda tem alguma dúvida? Comente ou fale com um dos nossos especialistas.